Focado no "prazer da escuta" o Imã RádioCast é semanal e traz dicas de programação, atrações de streaming, filmes em cartaz, peças de teatro, passeios, músicas, contos breves, humor filosófico, poemas, lançamento de livros, vida digital, temas de cultura e arte, etc. São dois tipos de seduções: de um lado, indicações, recomendações, dicas de atividades e programas aprazíveis, ou seja, prazeres que o ouvinte pode vir a acessar. Do outro, contos, anedotas, poemas e textos saborosos, ou seja, prazeres imediatos, na hora em que se escuta. Cada episódio mescla uma cuidadosa seleção musical com poemas, fábulas de humor e sabedoria, entrevistas e dicas culturais, tanto no Brasil quanto para quem vai viajar para o exterior.

Ouça também nas plataformas de streaming:

  • Anchor
  • Spotify
  • Deezer
  • Google Podcast
  • amazon music
Fabio_Malavoglia.jpg

Fabio Malavoglia

é jornalista, radialista, produtor e animador cultural, roteirista, contador-de-histórias, tradutor, ensaísta e poeta. Na Rádio Cultura FM, atuou como editor e apresentador dos programas diários Tarde Cultura (2004 – 2008) e RadioMetrópolis (2013 - 2019), no qual fez a curadoria, traduções e a apresentação de mais de 1400 edições do quadro de poesia “Lavra da Palavra”. Sua história no rádio vem de longe: começou em 1985/86, na apresentação do programa semanal “Rádiolábios”, de rock e poesia, na Rádio USP FM; e nas emissões clandestinas da primeira rádio livre brasileira, a então piratíssima Xilik FM (que era transmitida de um Centro Acadêmico da PUC de São Paulo). Em 1986 juntou histórias em quadrinho e rádio, em parceria com Douglas Salgado, no especial “Z de BraZil”, na Cultura FM. Anos depois trabalhou no programa “Encontro com a Ciência” que a SBPC produzia na Cultura FM e USP FM; e redigiu e apresentou 230 spots do projeto “1999 Reticências”, do SESC SP, nas rádios Eldorado FM e USP FM. 

Disso tudo veio também uma ligação com a poesia, num primeiro livro, em 1997, “Incas Venusianos – Rádiopoemas e outros scripts”, lançado no Programa Jô Soares. Em 2005 venceu o Prêmio Palmares de Comunicação, do Ministério da Cultura, pelo roteiro radiofônico “A lenda de Luiza Mahin”. Em 2019, levou o Prêmio da APCA de melhor apresentador de rádio, na categoria entretenimento, pelo programa RadioMetrópolis. E acaba de ser premiado novamente, com a seleção em edital do PROAC da Secretaria de Estado da Cultura, para realizar a vídeo-aula “A Linguagem dos Pássaros e a Natureza da Poesia”. Malavoglia também foi curador e apresentador, em 2018, do “Projeto Andantes”, passeios poéticos pelo acervo do MAC-USP; curador, produtor e diretor de 600 edições das “Pílulas Poéticas” e do quadro “Vide-o-Conto”, spots televisivos do SescTV (2010 e 2011). E a trajetória na animação cultural também vem de longe: começou em 1982 como primeiro coordenador de programação do SESC Pompéia no período de implantação, com colaborações com a arquiteta Lina Bo Bardi.

Faça parte da nossa lista de e-mails

Obrigado